sábado, 26 de maio de 2012

ORIXÁ X ENTIDADE ESPIRITUAL: A DIFERENÇA - PARTE I


Olá a todos. Hoje gostaria de apresentar dois conceitos que algumas vezes são confundidos. Tem gente que chama Preto Velho de Orixá, outros chamam Ogum de Guia e por aí vai. O objetivo aqui é só o de esclarecer a dúvida. Todos nós somos aprendizes. Mas o que importa é que possamos aprender juntos.

ORIXÁ: ORI = cabeça, XÁ = dono, ou seja ORIXÁ = dono da cabeça. 
Orixás são divindades que manifestam os poderes de Olorum (Orixá Supremo) através de toda a Criação. Conhecemos a força dos Orixás através da Natureza. Por exemplo, Iemanjá se manifesta através da força do mar, Oxum, da cachoeira, Oxóssi, das Matas, etc.
Os Orixás não são humanos, são seres Celestiais. Nunca tiveram encarnações. Não são Espíritos.

ENTIDADE ESPIRITUAL


Uma Entidade Espiritual é um ser individualizado criado com o objetivo de evoluir na escala espiritual. É uma Centelha Divina que busca o seu progresso. Por exemplo: o ser humano encarnado e o desencarnado.
Sabemos também que existem outros seres espirituais que não tiveram encarnação humana. Por exemplo: seres elementares: gnomos, ondinas, salamandra, elfos, etc; seres angelicais: anjos, querubins, serafins, etc.

É lógico que esse texto não esgota o assunto. Há muito mais a ser explicado.

Mas basicamente a diferença é esta.

Alexandre Trinidad - Sacerdote de Umbanda

CALENDÁRIO SEGUNDO SEMESTRE